25/03/2011 - Desafios e oportunidades do futuro do varejo

O auditório da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Itabira ficou pequeno para a quantidade de interessados na palestra de Marcos Nannetti, Mestre em Administração, Professor de Pós-Graduação nas áreas de Marketing e Relacionamento com Clientes, sobre o futuro do varejo. 

O evento aconteceu na noite dessa quinta-feira, 24, e foi uma reprodução, em parte, do que aconteceu em Nova York, no Retail’s Big Show 2011 (O Grande Show do Varejo), a maior feira do varejo do mundo, entre os dias 6 e 16 de janeiro. 

Nannetti discursou sobre suas percepções, ao participar do 100º evento nos Estados Unidos, sobre o avanço dos americanos à respeito do comércio varejista e sobre a oportunidade de o Brasil aprender com os exemplos de lá. “Hoje sai na frente quem é mais rápido e não quem é mais forte”, disse o palestrante, se referindo à velocidade da internet, das redes sociais e da informação. 

Um dos pontos importantes da apresentação foi a comparação entre loja convencional e loja virtual, as chamadas ponto com. Segundo Nannetti, nos Estados Unidos, apesar de os clientes considerarem imprescindível a oportunidade de ver e tocar o produto, as lojas virtuais estão cada vez mais ganhando espaço no mercado. Dados apresentados por ele informaram que, das 10 melhores lojas americanas, segundo pesquisa, quatro são virtuais. 

Outros temas, conceitos e exemplos de canais de venda, equipe, layout de estabelecimentos comerciais foram dissertados pelo apresentador. O futuro do varejo, de acordo com ele, será de muitas oportunidades, mas também de muitos desafios. É preciso ser rápido.

Fonte: Defato Online - Sérgio Santiago 


Voltar